QUERO SER UM CRENTE FORA DO COMUM

Pr. M. Price – http://informativobatista.zoomblog.com/archivo/2008/08/19/quero-Ser-Um-Crente-Fora-Do-Comum.html 

Eu peço a Deus que faça de mim hoje um crente fora do comum – George Whitefield  

     Recordo-me de certa ocasião em que ministrei nesse ano de 2008 num culto muitíssimo abençoado na cidade de Corumbá, capital mundial do Pantanal, no Mato Grosso do Sul (MS), onde pude compartilhar algumas verdades do Evangelho. Prepare agora o seu coração, pois vamos mergulhar no oceano do Espírito. Naquela ocasião compartilhei resumidamente o seguinte:  

     Vivemos num mundo onde há milhões e milhões de vidas que jazem nas mais densas trevas espirituais. Homens e mulheres dominados pelo pecado, oprimidos pelo Diabo e seus demônios e alheios as promessas do Evangelho de nosso Senhor Jesus. Vivemos ainda dias de iminente juízo de Deus sobre um mundo manchado pelas guerras e afogado no mar da perdição, da violência e corrupção generalizadas. A cada minuto 234 vidas são ceifadas desse planeta. A mídia de massa tem sido muitas vezes um veículo do inferno para bombardear e destruir vidas e famílias. Até mesmo a Terra, o clima e a natureza sofrem as conseqüências do pecado, numa humanidade cada vez mais cética, indiferente e incrédula no tocante a existência e soberania de Deus e da Sua Palavra.  

       Confesso que ao observar o estado moral e espiritual dessa geração, fico cada vez mais convicto de que o mundo precisa de uma revolução, isto é, uma reforma de valores e conceitos. É notório vermos, atualmente, que diversos princípios cristãos que influenciam o estilo de vida, a família, a ética e o caráter estão sendo desacreditados cada vez mais nessa geração. O resultado disso é  a formação de uma humanidade incrédula, rebelde, insubmissa aos mandamentos do Senhor e mergulhada num contexto social  que promove a inversão e degradação dos valores cristãos, pois ‘’ Há no coração do ímpio a voz da transgressão; não há temor de Deus diante de seus olhos.Porque a transgressão o lisonjeia a seus olhos e lhe diz que a sua iniqüidade não há de ser descoberta nem detestada.’’ Sl 36.1-2. Logo, o anormal tornou-se normal e o normal virou anormal. Pense nisso.  

       É importante ressaltar que quando o ser humano se acostuma com a impiedade e a maneira vil e profana de viver, toda a sociedade sofre, ficando abalada e desestabilizada, inclusive a própria instituição familiar. O temor a Deus e a obediência aos seus mandamentos são de vital importância para a estabilidade da estrutura social, pois ‘’ De tudo o que se tem ouvido, a suma é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo homem. Porque Deus há de trazer a juízo todas as obras até as que estão escondidas, quer sejam boas, quer sejam más. ‘’ Ec 12.13-14  

       Desta forma, o mundo precisa de mudanças para sobreviver. Não há dúvidas de que essa sociedade em ruínas, precisa de um profundo e autêntico despertamento espiritual. Não me refiro a modismos ou movimentos nas igrejas cristãs, tão comuns em nossos dias, sendo alguns até heréticos. Falo de um verdadeiro avivamento bíblico! E Deus usará o seu método principal de agir nesse mundo: o homem. Porém, Ele não usa qualquer um! Precisa ser crente de verdade e da verdade! Aliás, o Senhor não usa pessoas comuns para fazer coisas sobrenaturais. Isso mesmo, Ele usa  pessoas fora do comum para manifestar o Seu poder nesse mundo. Pense nisso.  

       Recordo-me do comentário de Leonard Ravenhill, pregador avivalista, sobre a vida e ministério de um dos gigantes da fé, que peregrinou nesse mundo e que deixou profundas marcas na história da Igreja Cristã, quando diz: ‘’ A história da humanidade gira em torno de indivíduos. Por exemplo, Jonathan Edwards (1703-1758) tinha uma grande igreja, e não passava por apertos financeiros. Mas era atormentado pela estagnação espiritual. E tanto lhe pesava o estigma da esterilidade espiritual que afinal sua alma entristecida buscou a misericórdia de Deus num silêncio banhado de lágrimas, até que o Espírito Santo desceu sobre ele. E hoje, tanto a igreja como o mundo sabem que resposta obteve sua intercessão. Os votos que fez, as lágrimas que derramou, os gemidos que deu estão registrados nas crônicas dos feitos de Deus. Edwards, Zinzendorf, Wesley e outros eram irmãos espirituais (pois, assim como existe uma aristocracia terrena, existe também a espiritual). Esses homens desprezavam as honrarias humanas, e ansiavam apenas pela apreciação do Espírito Santo.’’   

      Logo, esse mundo mergulhado no caos clama por uma mensagem de esperança e despertamento espiritual. E Deus não usará “religiosos’’nessa missão! Isso mesmo. Deus usará homens que desejem se anular por inteiro para que o poder Dele se manifeste na Sua plenitude, tal como foi na vida de Jonathan Edwards e tantos outros homens de Deus ao longo da história da Igreja Cristã.  

       Precisamos de homens que cultivem profunda a intimidade com Deus, trazendo mensagens da parte Dele que abençoem as igrejas em nosso Brasil. Não basta ser um bom comunicador do Evangelho. É preciso ser também um pregador “incendiado’’ pelo fogo do Espírito Santo para que a mensagem contagie, transforme e restaure vidas! É preciso ser um crente fora do comum! Não basta estar na “média”  como a maioria dos demais, é preciso estar acima dela! Pense nisso.  

      Aliás, o Dr. Joseph Parker nos lembra que: ‘’ Se não voltarmos às visões, aos vislumbres do Céu, à consciência da glória mais elevada e da vida plena, perderemos nossa espiritualidade; nosso altar se tornará uma simples pedra, se não tiver a bênção de visitas do Céu. Eis a necessidade do mundo de hoje: homens que vejam a face do Senhor.’’  

      O apóstolo Paulo chegou a compartilhar uma de suas profundas experiências espirituais quando diz : ‘’Se é necessário que me glorie, ainda que não convém, passarei às visões e revelações do Senhor. Conheço um homem em Cristo que, há catorze anos foi arrebatado até ao terceiro céu, se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe. E sei que tal homem…foi arrebatado ao paraíso e ouviu palavras inefáveis, as quais não é lícito ao homem referir.’’ 2 Co 12.1-4  

       Meu querido(a), não nos conformemos com um cristianismo medíocre e uma vida espiritual superficial. Tenhamos coragem e disposição de pagar o preço para sermos também crentes fora do comum !  Deus conta com você ! ‘’ Em Deus  faremos proezas…’’

Anúncios

Obrigado pelo seu comentário e em breve entraremos em contato com você. Liderança Pastoral

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s